Vai reclamar no PROCON? LOL

Após 27 ligações para o SAC do site Comprafacil.com e não ter o problema resolvido eu tive que ir para o 2º round da minha saga com essa maldita loja, fui formalizar a reclamação no PROCON.


Infelizmente a única "arma" do cidadão está defasada e parou no tempo, está com a mesma estrutura há pelo menos 10 anos e não acompanhou o crescimento do mercado e as novas demandas do consumidor. Claro que os top do ranking de reclamações não mudam porém a quantidade subiu assustadoramente nesse período. E as empresas tiram vantagem disso.

Por exemplo o segmento de telefonia, hoje existem 10 vezes mais terminais/linhas/números que em 1998, mas o Poupatempo Sé continua fazendo por volta de 100 atendimentos de reclamações diariamente. Numa suposição estatística poderíamos dizer que há 10 anos tínhamos 1 reclamação para cada mil linhas, hoje é 1 para cada 100 mil, mas não é porque o serviço melhorou, é porque não se tem possibilidade de atender o tanto de consumidores insatisfeitos que por lá passam. E muitos serviços cresceram, novos surgiram e a estrutura do PROCON continua a mesma.

Eu já tive como tarefa produzir relatórios e estatísticas para uma empresa sobre os efeitos ofensores das reclamações no PROCON para o negócio e abusei desse recurso, fazendo as comparações em números absolutos, proporcionais e o que mais agradasse meu chefe para minimizar os efeitos das manchetes de jornais.

O desconforto causado pela divulgação do ranking de reclamações do PROCON é aliviado pela produção de um bom Excel para os acionistas. Por isso que o 3º round dessa minha saga do peso-de-papel que comprei no Comprafacil vai ser no Juizado Especial.
Obrigado pela sua colaboração