Dilma Boyle no show de talentos do José Dirceu

Pode parar a campanha eleitoral para presidente 2010 que já temos a vencedora em pleno 2009: Dilma Boyle, digo, Dilma Rousseff!

Assim como o dragão britânico, a Dilma subiu no palco da campanha sob olhares de descaso, risinhos de escárnio e pouco caso da platéia oposicionista. Fora dos padrões políticos e de beleza, o empurrão do Lula fez pra ela aquele efeito da reboladinha da Susan após falar sua idade no início da apresentação. E podemos fazer a metáfora de todas as ações do PT/Lula/Dilma como o diálogo antes de começar a música e no dia 24 de abril de 2009 ela começa a cantar.

Uma Dilma doce, serena e, acima de tudo, humana falou ao público, à nação, que estava com câncer. Foi uma entrevista coletiva emotiva, foi um pronunciamento velado que com a ajuda da imprensa comoveu a nação e provocou uma onda de empatia que derrubará todas as barreiras de rejeição ao seu nome na sucessão do Lula.

dilma boyle rousseff

Pois é, o show de talentos da eleição 2010 já tem o seu dragão com voz de sereia: Dilma Boyle. Haja Dramin, Kyle, haja Dramin…

Obrigado pela sua colaboração